MDFnews – Informação e Opinião

  • Digite seu endereço de e-mail para seguir este blog e receber notificações de novos posts por e-mail.

    Junte-se a 2 outros seguidores

  • Assinar

  • Blog Stats

    • 15,396 hits

SERRA zera investimentos para a educação em 2010

Posted by mdfnews em novembro 2, 2009


Fonte: http://www.redebrasilatual.com.br
Orçamento de Serra para 2010 prevê investimentos zero em Educação e cortes nas áreas da Saúde, Habitação e Saneamento.
A proposta orçamentária que o governador José Serra enviou para a assembléia prevê corte de 35% dos investimentos na área da Saúde e zera os investimentos em Educação. Essas duas áreas vão contar com apenas investimentos do Governo Federal no estado de São Paulo.
O governo do estado prevê para 2010 um crescimento do PIB paulista de 3,5%, enquanto que o presidente do Bradesco prevê um crescimento do PIB brasileiro de 5,7%.
Dos R$ 449 milhões previstos para a saúde, R$ 306,5 milhões , 68%, virão investidos do Governo Federal. Obras como construção ou ampliação de hospitais, compras de equipamentos e materiais permanentes ficarão inviabilizados.
Na Educação só haverá investimentos do Governo Federal que serão da ordem de R$500 milhões.
A Administração Penitenciária o corte será de R$ 194,3 milhões, 55% a menos de verbas estaduais. Mas, vai contar com R$ 77 milhões do Governo Federal.
O Centro Paula Souza, responsável pelo Ensino Técnico no Estado terá um corte de 50% nos investimentos.
As projeções prevêem cortes de:
– R$ 990 milhões dos recursos do Departamento de Estradas e Rodagens (DER);
– R$ 20 milhões da Polícia Civil (custeio);
– R$ 60 milhões da Secretaria de Habitação;
– R$ 65 milhões da CETESB;
– R$ 47 milhões do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
O pagamento de dívidas terá uma retração de 5,4% em 2010.
Os municípios também perderão com o corte nas verbas para o transporte escolar, estradas vicinais, planos de desenvolvimento sustentável e instalações da polícia civil.
A s Empresas estatais SABESP, CDHU e o Porto de São Sebastião também perderão. Porém, o mais grave é a redução de 38% na urbanização de favelas, 38,4% no tratamento de esgotos coletados e de 10,6% na coleta de esgotos.
O Governo de São Paulo depende cada vez mais dos recursos do Governo Federal e de empréstimos para financiar investimentos. Enquanto os recursos do estado caíram, os recursos federais cresceram 84,9% e os empréstimos 52,5%.
No entanto, os recursos com publicidade do governo estadual, sem incluir as empresas estatais, cresceram 400% em relação ao governo anterior. No último ano do Governo Alckmin foram gastos R$ 38,2 milhões, neste ano o Governo gastou mais de R$ 200 milhões.
Recursos para passagens e despesas com locomoção (25%) e serviços de assessoria (12%) também terão orçamento maior.
OPS.: Esse é o modelo de gestão eficiente dos tucanos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: